Edifícios de Elevado Perfil Ambiental em Portugal

Autores

Eduardo de Oliveira Fernandes
Professor Emérito Universidade do Porto/ Fellow ASHRAE (Associação Americana de Ar Condicionado)
Hugo Santos
Universidade do Porto

Resumo

Nos 35 anos passados desde a publicação do célebre e fundamental “Relatório Brundtland”, pelas Nações Unidas, só foi tornada mais evidente e clara a necessidade de ação definitiva, contundente e urgente, no combate aos impactos nefastos da atividade Humana no ambiente lato sensu. E de entre essas atividades danosas, a energia usada nos, e para, os nossos ambientes construídos, é responsável, sem dúvida, direta
e indiretamente, por uma das maiores parcelas. Enquanto o apelo à ação se vai ouvindo ao nível global, a ação concreta, política e executiva, tem de se fazer, a começar com o respeito e a sensibilidade pelos valores e realidades vernaculares, culturais e económicas, que o sítio exige por si e pela sua quota-parte para o todo do Planeta.
É neste contexto que se justifica a oportuna necessidade deste livro, que se apresenta como uma compilação e reflexão sobre o conhecimento e experiência adquirida pelos autores, ao longo de mais de 40 anos de investigação e consultoria na articulação harmoniosa dos problemas nas áreas da energia, saúde e sustentabilidade associadas à gestão do ambiente construído português. Isto é, não deixando nenhum responsável de fora desta missão que parte da realidade da fragilidade, tantas vezes sublinhada, do ambiente em geral e do Planeta em si mesmo, que requer a solidariedade de todos.
E aqui, há que combater as tentações “gadgéticas” a todos os níveis e procurarassumir a bondade das ações a empreender no sentido de satisfazer as necessidades de hoje sem descurar a salvaguarda do futuro. Ora, isto requer um rigor que não se vê na linguagem política e, infelizmente, também não na ação dos profissionais das problemáticas energéticas, ambientais e da saúde e, latu sensu, da política, como da informação e da comunicação em geral. A cacofonia das terminologias sobre a energia dá disso uma imagem confrangedora ao chamar à eletricidade “a energia”, quando aquela é apenas uma forma de energia, “simpática” é certo, mas uma forma de energia entre muitas. Por isso, Semanários e TVs de elevadas audiências deveriam ser mais cautelosos e respeitosos do tema, mesmos que isso não lhes pague mais.
Tentando não cair em modas ou tendências e analisando a situação ab initio, os autores apresentam e discutem os princípios científicos base, comentam e questionam a realidade recente do desenvolvimento urbano e da construção em Portugal, invocando o vernacular e o atual, e sugerem abordagens e perspetivas que ajudarão, de forma consciente e eficaz, a transformar os espaços urbanos e os edifícios para um futuro inclusivo e amplamente respeitador dos valores sociais, económico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografias dos Autores

Eduardo de Oliveira Fernandes, Professor Emérito Universidade do Porto/ Fellow ASHRAE (Associação Americana de Ar Condicionado)

Doutorado na EPFL (Lausanne, Suíça) em 1973, tem 50 anos de ensino, investigação e atividades de extensão universitária em áreas da engenharia relacionadas com a energia e o ambiente dominantemente aplicada à Física Térmica nos Edifícios e à Qualidade do Ar Interior.
Professor Emérito da Universidade do Porto, onde integrou o Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Engenharia, tendo assumido o cargo de Vice-Reitor. Foi Vice-presidente da PLEA (Passive and Low Energy Architecture), Presidente da ISES (International Solar Energy Society), Secretário de Estado do Ambiente (1984-5) e da Energia (2001-2). É membro, desde 1981 e Fellow desde 1997, da ASHRAE (Associação Americana do Ar Condicionado).

Hugo Santos, Universidade do Porto

Doutorado em Química Computacional na Universidade do Porto, em 2009, foi investigador em diversos projetos internacionais e financiados pela Comissão Europeia enquanto pós-doutorado no IDMEC/FEUP. Foi consultor na Oakland Innovation (Cambridge, Reino Unido). Atualmente em Londres, aplica a experiência de mais de uma década nas áreas da energia e saúde no ambiente construído naquelas que podem ser melhores traduções em desenho e projeto de arquitetura.

Capa para Edifícios de Elevado Perfil Ambiental em Portugal
Publicado
September 16, 2022