O antigo Paço dos arcebispos de Braga

Autores

Manuela Martins
Universidade do Minho
Ricardo Mar
Universitat Rovira i Virgili
Maria do Carmo Ribeiro
Universidade do Minho

Resumo

O antigo Paço dos arcebispos de Braga ocupa um inequívoco lugar de destaque na paisagem urbana bracarense, cuja complexa história se entrecruza com a da construção do próprio palácio, constituído por um complexo de edifícios que se foram anexando uns aos outros, entre os séculos XIV e XVIII. Situado nas proximidades da Sé Catedral, o Paço arcebispal desenvolve-se por uma vasta área do centro histórico de Braga, sendo reconhecido como um dos edifícios patrimoniais mais emblemáticos da cidade, que tira também partido das características que foram conferidas aos seus espaços envolventes no contexto da intervenção de restauro ocorrida entre 1930 e 1950.
Como exemplar complexo de arquitetura civil, o Paço arcebispal conta-nos uma história longa e dinâmica, associada aos protagonistas que ajudaram a dar forma aos edifícios que formalizam o palácio, um indiscutível testemunho do poder e importância que os arcebispos tiveram na história de Braga. O Paço dá também conta da evolução e do pulsar da cidade ao longo de séculos, pois nele encontramos expressões das diferentes tendências artísticas e culturais que se fizeram sentir, um pouco por toda a Europa, entre os finais da Idade Média e os finais do Antigo Regime. Assim, os seus sucessivos acrescentos e fases construtivas representam exemplos paradigmáticos da racionalidade urbanística e das linguagens arquitetónicas características do longo período de progressiva construção dos “paços” que compõem o Paço arcebispal bracarense. A história da sua evolução representa também um excelente testemunho das mudanças ocorridas nas cidades com vocação senhorial, permitindo-nos entender como foram mudando as estratégias de propaganda e de afirmação pública do poder no espaço urbano medieval, renascentista e barroco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografias dos Autores

Manuela Martins, Universidade do Minho

Manuela Martins é professora catedrática da Universidade do Minho. Historiadora e arqueóloga, é, desde 1988, responsável pelo projeto de arqueologia urbana de Braga, em cujo âmbito dirigiu cerca de uma centena de intervenções arqueológicas, designadamente, das termas públicas da Cividade, da área arqueológica das Carvalheiras e do teatro romano. As temáticas da sua investigação privilegiam o urbanismo, a arquitetura e o impacto do património na sociedade contemporânea, no âmbito das quais dirigiu projetos competitivos, assinou numerosas publicações e orientou um vasto leque de teses de mestrado e doutoramento.

Ricardo Mar, Universitat Rovira i Virgili

Ricardo Mar é professor titular da Universidade de Rovira i Virgili de Tarragona. Arquiteto de formação, aprofundou a sua especialização na área da arqueologia como bolseiro do CSIC, em Roma e Berlim. Entre 1987 e 2006 desenvolveu projetos em Pompeia, Óstia e Roma, onde escavou e estudou vários contextos, como os santuários de Hércules, Serapis e Magna Mater, ou os palácios imperiais do Palatino. A ele se deve também um vasto programa de recuperação do património arqueológico de Tarragona, que permitiu a sua inclusão na lista do Património Mundial da Unesco. A partir de 2009 realizou vários estudos na cidade de Cusco, no Peru, tendo dirigido projetos de reconstrução da cidade de Cusco Inca e do seu território.

Maria do Carmo Ribeiro, Universidade do Minho

Maria do Carmo Ribeiro é professora auxiliar da Universidade do Minho. Historiadora e arqueóloga, doutorou-se em 2008, com uma tese que se inscreve na avaliação das dinâmicas urbanas da cidade de Braga, entre a época romana e moderna, a qual assinala os interesses da investigadora, muito centrados no estudo da sociedade, urbanismo e da arquitetura da cidade antiga, medieval e moderna, tirando partido das fontes documentais, arqueológicas e iconográficas. Procurando valorizar o património arqueológico e histórico de Braga, tem dirigido e participado em vários projetos de investigação, publicado vários artigos e capítulos de livros e orientado teses de mestrado e doutoramento.

Capa para O antigo Paço dos arcebispos de Braga
Publicado
December 11, 2021

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: PDF

PDF
ISBN-13 (15)
978-989-8974-55-6

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Loja UMinho

Loja UMinho
ISBN-13 (15)
978-989-8974-54-9
Dimensões físicas