A crise do Liberalismo e as primeiras manifestações das ideias socialistas em Portugal (1820-1852): Tese de Doutoramento

Autores

Victor de Sá
Universidade do Minho
José Viriato Capela
Universidade do Minho
Henrique Barreto Nunes
Universidade do Minho

Resumo

Este meu livro, sucintamente intitulado “A crise do liberalismo”, ocupa o lugar cimeiro da minha biografia intelectual. Trata-se de uma obra que foi aprofundadamente estudada e, direi mesmo, intensamente sofrida. Sofrida, bem entendido, no sentido fecundante de ter sido uma obra que a mim próprio obrigou a persistentes investigações e a longas reflexões que me conduziram à revisão de muitas perspectivas relativas à sociedade contemporânea portuguesa, isto é, à sociedade transformada pelas leis do sistema capitalista e dominada pela classe burguesa.

Victor de Sá

A Crise do Liberalismo e as primeiras manifestações das ideias socialistas em Portugal (1820-1852) (1ª ed., 1969) é uma obra marcante da historiografia portuguesa dos anos 60, nos termos da sua produção e também, mais ainda, nos termos da sua leitura, no imediato à sua publicação (1ª edição, Seara Nova, 1969), a que se seguiu em 1974 a 2ª edição e em 1978 a 3ª edição. A sua nova edição em tempos de comemorações do Bicentenário da Revolução de 1820 e da evocação dos 100 anos do nascimento de Victor de Sá, é uma oportunidade para sublinhar os horizontes históricos e historiográficos deste trabalho.

José Viriato Capela

Downloads

Não há dados estatísticos.
Capa para A crise do Liberalismo e as primeiras manifestações das ideias socialistas em Portugal (1820-1852): Tese de Doutoramento
Publicado
September 24, 2021

Detalhes sobre o formato disponível para publicação: Loja UMinho

Loja UMinho
Dimensões físicas